Pirâmide Alimentar de Mesa

Descrição:

  • Chapa metálica triangular com pintura eletrostática.
  • Mede 30 X 30 X 30 cm.
  • Possui uma dobra de sustentação na parte de trás para
    ser colocada sobre a mesa.
  • Possui 36 ou 38 peças imantadas representando os alimentos.
    Você pode escolher os alimentos em madeira (36 alimentos) ou
    em biscuit (38 alimentos).
  • Alimentos DE MADEIRA contidos na Pirâmide:

    Alimentos Energéticos (Na base da Pirâmide):

  • Pão francês, pão de forma, biscoitos água e sal, cereal integral,
    milho, arroz, feijão, macarrão, batata e mandioca.
  • Protetores e Reguladores (Segundo andar da Pirâmide):

  • Abóbora, cenoura, tomate, brócolis, alface, beterraba, maçã,
    abacaxi, mamão, laranja, melancia, uva e banana.
  • Construtores (Terceiro andar da Pirâmide):

  • Queijo, iogurte, leite, carne, frango, ovo, peixe, soja e ervilha.
  • Energéticos Extras (Topo da Pirâmide):

  • Óleo, açúcar, manteiga e sorvete.
  • _______________________________________________________

    Alimentos DE BISCUIT contidos na Pirâmide:

    Alimentos Energéticos (Na base da Pirâmide):

  • Pão francês, pão de forma, biscoitos água e sal, farinha de trigo,
    milho, arroz, feijão, macarrão, batata e mandioca.
  • Protetores e Reguladores (Segundo andar da Pirâmide):

  • Abóbora, cenoura, tomate, brócolis, couve-flor, berinjela, chuchu,
    abacaxi, maçã, mamão, laranja, melancia, uva, banana e pêra.
  • Construtores (Terceiro andar da Pirâmide):

  • Queijo, iogurte, leite, carne, frango, ovo, peixe, soja e ervilha.
  • Energéticos Extras (Topo da Pirâmide):

  • Óleo, açúcar, manteiga ou Baconzitos e sorvete.
  • Fechar [X]
    SUGESTÕES DE USO

    1) – Explicar a Pirâmide Alimentar:
    (Nossa sugestão, usando o modelo da Pirâmide Alimentar Brasileira de Sônia Tucunduva)

    A - ENERGÉTICOS:

  • Os energéticos são aqueles alimentos que têm uma maior quantidade de carboidratos. Encontram-se na base da pirâmide, e devem compor a maior parte da nossa alimentação. Função: Nos fornecer energia para andar, falar, trabalhar, etc.
  • Energéticos mais saudáveis: pão integral, pão árabe, tubérculos cozidos, macarrão, arroz, feijão, cereais integrais como aveia, trigo em grão, etc.
  • Energéticos menos saudáveis: Biscoitos em geral, alguns tipos de bolos, salgadinhos e todas as massas que contêm gordura vegetal hidrogenada.
  • B- PROTETORES E REGULADORES:

  • Os protetores e reguladores são alimentos que têm uma maior quantidade de vitaminas, sais minerais, fibras e água; nutrientes que protegem e regulam o funcionamento do corpo. São muito ricos em bioflavonóides, substâncias antioxidantes que protegem nosso organismo. Este grupo é composto pelas frutas, verduras e legumes, e ocupa o segundo lugar em quantidade nas nossas refeições.
  • São alimentos saudáveis: Prefira os crus ou cozidos (vapor) e evite os fritos.
  • C- CONSTRUTORES:

  • Os alimentos construtores são ricos em proteínas, e têm como função construir e conservar o nosso corpo. (Em geral, precisamos de quantidades relativamente pequenas de proteínas). Este grupo ocupa o terceiro lugar na pirâmide e não devemos exagerar nas quantidades de proteínas. Seu excesso pode levar à sobrecarga renal, ganho excessivo de peso, aumento de colesterol, ácido úrico, uréia e creatinina.
  • Mais saudáveis: leguminosas (feijão, ervilha, soja), leite desnatado, ricota, queijo minas frescal, clara de ovo, carne de aves sem pele, peixes, carnes magras.
  • Construtores menos saudáveis: queijos gordos (prato, mussarela, provolone, queijo minas curado), leite integral, carne bovina gorda, vísceras, carne suína e derivados (presunto*, lingüiça, apresuntado, mortadela, salame.)
  • D- ENERGÉTICOS EXTRAS:

  • É o grupo formado pelos alimentos ricos em açúcar (carboidratos simples) e pelos alimentos ricos em gorduras. Está na parte mais alta da pirâmide, e fornece dose extra de energia, e deve ser consumido em quantidades pequenas.
  • Saudáveis: Os óleos vegetais de soja, milho, girassol, canola, e o azeite, são saudáveis se usados em quantidades moderadas, e se não forem usados para fritar alimentos(*).
  • Não saudáveis: Gorduras de origem animal, como banha, torresmo, bacon e manteiga; gordura vegetal hidrogenada, gordura de coco, frituras(*), margarinas e cheeps; o açúcar, refrigerantes, refrescos artificiais e doces em geral.
  • 2) – Avaliar junto com o paciente o seu consumo habitual:
    (Nossa sugestão, usando o modelo da Pirâmide Alimentar Brasileira)

  • Entregar os alimentos para o seu paciente e pedir para que ele os coloque na pirâmide de acordo com o seu consumo.Neste momento os alimentos não devem obedecer nenhum grupo, essa atividade é apenas para verificar os alimentos que o indivíduo consome em maiores e menores quantidades. Os alimentos que não são consumidos não devem ser colocados.
  • 3) - Verificar se o paciente ou grupo entendeu a Pirâmide Alimentar:

  • Distribua os alimentos entre as pessoas do grupo ou passe os mesmos para o seu paciente e peça para que coloque os alimentos em lugares corretos explicando as funções de cada grupo alimentar.
  • Para grupos com mais de cinco indivíduos aconselhamos que seja utilizada a Pirâmide Magnética de Parede que é maior e facilita a visualização.
  • Galeria de Fotos: